Séries diferentes trabalhando juntas?

Alunos de diferentes idades e séries trazem para a sala de aula diversos interesses, estimulando colegas e criando um ambiente rico para a aprendizagem. O Oswald garante que estes encontros aconteçam, criando espaços no currículo e na rotina para que séries, de todos os ciclos, trabalhem juntas!

A experiência das Oficinas, no Ensino Fundamental II, por exemplo, oferece aos alunos aprendizagens mais práticas e de universos – normalmente – for a do currículo comum escolar, orientadas por um educador especialista. Este ano, os alunos de 6º, 7º e 8º ano irão participar de Oficinas que tratam de temas desde culinária e trabalho voluntário à educomunicação e construção com madeiras.

O 6º ano passa a participar das Oficinas a partir deste ano, justamente para que os alunos da série tivessem convivências do tipo, com os colegas do Ensino Fundamental II. Antes disso, as turmas participavam da Rede, (uma extensão do currículo do Ensino Fundamental I, onde os alunos de G5 à 5º ano, em dois ciclos, vivenciam um projeto coletivo de investigação durante o ano) mas, em 2018, os alunos mais novos da Unidade Cerro Corá também escolheram uma Oficina de seu interesse para cursar no 1ºsemestre.

Agora, os alunos do Ensino Fundamental II do Oswald terão ao menos seis oportunidades de desenvolver novas habilidades, técnicas ou diversas, trabalhando em grupo e com colegas de idades variadas. Construindo coletivamente pesquisas sobre temas importantes no mundo for a escola, como Competências Socioemocionais, Fotografia Criativa, Debates e Dispositivos Eletrônicos.

Confira a relação e ementa de todos os cursos de Oficinas oferecidos em 2018:

1) OSWÍDEOS: Produção Audiovisual

Daniel Mantovani

Nesta oficina os alunos poderão obter noções básicas de audiovisual, conhecendo as principais áreas que envolvem a produção de vídeos: roteiro, direção de arte, de fotografia, captação de áudio e vídeo, finalização e edição. Estas noções pretendem estimular as considerações aos gêneros e formatos das produções audiovisuais, para que os alunos criem um repertório que os auxilie nas criações autorais. Através do olhar sob narrativas do cotidiano escolar e pessoal dos alunos, serão

encaminhadas produções que oferecem aprendizagem das atividades especificas de cada área; criando experiências na geração de conteúdo audiovisual em formatos variados.

2) VOA: Voluntários do Oswald de Andrade

Nina Faria

Sabe aquela vontade de fazer alguma coisa pelo mundo, mas não sabe por onde começar e nem o que fazer? Esta oficina é para você. Venha tirar aquela ideia da cabeça, colocar no papel e trazer pra esse mundão!

Teremos um espaço para discutirmos sobre problemas sociais, nossos sonhos, nossas habilidades, vontades e fazer trabalho voluntário, ou seja, tudo para te preparar para entrar no mundo social e se inspirar com tanta coisa legal e criativa que existe.

3) Degustando Saberes e Sabores

Gabriel Zei

A proposta desta oficina tem como eixo norteador desenvolver o cuidado das relações entre os seres humanos, os reinos e o meio ambiente. Para isso, exploraremos todas as fases do ciclo do alimento; desde seu plantio, passando pelo seu preparo e até o seu descarte. Ambientes, como a cozinha e a horta,  transformam-se em laboratórios para abordarmos questões políticas e socioambientais que circundam o ato de se alimentar, buscando reflexões e possíveis soluções para questões como desperdício de alimentos, agrotóxicos (veneno), saúde, entre outros.

4) Repórter Oswald

Tatiana Luz

Você sabia que liberdade, igualdade, justiça e respeito são direitos de todas as pessoas? Esses são alguns dos Direitos Humanos que iremos discutir nesta oficina. Por meio de técnicas do jornalismo vamos explorar o mundo da diversidade para entender quais são nossos direitos e o que a mídia tem a ver com isso. Será que podemos ser a mídia e falar por nós mesmos? Essa oficina acredita que sim. O objetivo da Repórter Oswald é ajudar no aprimoramento do olhar crítico para os produtos da mídia e para os Direitos Humanos e desenvolver habilidades de comunicação com os participantes.

5) Clube de debates: pluralidade e tolerância às diferenças

Vivian Gusmão

Na atualidade, argumentar e apresentar com clareza nosso ponto de vista, em relação às situações que ocorrem ao nosso redor, é uma condição essencial para interagirmos em sociedade. Pensando nisso, a proposta dessa oficina é a de que realizemos debates acerca de temas polêmicos e importantes, aprendendo a nos posicionar e, sobretudo, a aceitar opiniões distintas das nossas; formaremos, portanto, um clube de debates em que as trocas de opiniões e a tomada de posicionamento serão o foco de nossas atividades.

6) Fotografia Criativa

Lúcia Lima

Na oficina, vamos conhecer o trabalho de outros artistas, aprender os recursos básicos de fotografia digital e analógica e explorar diferentes formas de compartilhar fotos com o mundo! Os alunos serão convidados a criar projetos autorais de fotografia, ou seja, você vai escolher um tema que te sensibiliza e criar um projeto artístico para contar a toda a escola (e ao mundo) o que você acha ou sente sobre ele. O foco da oficina é fazer você pensar diferentes formas de se expressar através de fotografias de um jeito criativo, produzindo fotolivros, exposições, objetos ou qualquer outro formato que te interessar.

7) Dispositivos Eletrônicos

Roger Nakumo

A oficina de Dispositivos Eletrônicos pretende discutir e colocar em prática a construção de objetos que utilizam de uma interface analógica e digital. Conhecer melhor o que há por dentro dos objetos eletrônicos, por exemplo: como funciona um rádio? e um motor?. As aulas começarão com conceitos básicos de eletrônica manuseando componentes (led, motor, resistores, capacitores, transistores, arduíno), assim como as ferramentas para este ambiente de oficina (ferros de solda, estanho, computadores, programação).

8) Construindo inventos: madeira, luz e movimento

Fábio Ferraz

O curso propõe aos alunos a inventar e construir objetos de madeira que incorporem luz e movimento através de acessórios como leds e motores elétricos. Iremos  dispor deste conjunto de  materiais, e descobriremos juntos meios de juntá-los em projetos e inventos variados. Vamos construir eles com o uso de ferramentas como serrotes, furadeira, chaves de fenda.

9) Competências Socioemocionais: uma possibilidade de autoconhecimento

Alexandre Lerman

Esta é uma oficina para quem quer desenvolver suas competências e aprender a viver, conviver e trabalhar em um mundo cada vez mais complexo. O desenvolvimento dessas competências é uma ferramenta poderosa para o crescimento como ser humano – com propósito, atitude empreendedora, autoconhecimento, entendimento e controle das emoções, os alunos poderão estar abertos à novas experiências, organizados, esforçados e responsáveis.

Esta oficina é composta por encontros temáticos em que as competências serão desenvolvidas por meio de jogos colaborativos, metodologias ativas e dinâmicas de autoconhecimento.