Você conhece o Projeto Girassol?

Uma iniciativa colaborativa, realizada há 11 anos, em uma parceria entre professores, funcionários, alunos e ex-alunos, além de seus familiares, o Projeto Girassol é desenvolvido na Unidade Girassol do Colégio Oswald.

Idealizado com o objetivo de alfabetizar jovens e adultos, o Projeto Girassol atualmente é reconhecido como um curso livre, que garante aos participantes o acesso às mais diversas linguagens.

No curso, os alunos contam com aulas de Português, Matemática, Artes Plásticas, Filosofia, Biblioteca, Economia, Yoga e Música.

As aulas do Projeto Girassol foram retomadas nesta semana, e elas são realizadas às segundas e terças-feiras, na Unidade Girassol, pelos educadores Anapaula Iacovino Davila (Economia); Marcelo Dal Mas (Filosofia); e Maria Luísa Rangel De Bonis (Artes Plásticas e Livros) – que atua também como Coordenadora.

 

Projeto Girassol: muito além do aprendizado

Considerado um projeto especial, devido a seu alcance e relevância para o público a quem se destina, o Projeto Girassol é realizado por uma equipe formada essencialmente por voluntários que, ao longo do ano, promovem muito mais que o aprendizado de jovens e adultos que ainda não tiveram a oportunidade de concluir os estudos.

Entre conversas, desenhos, traçados de letras, brincadeiras com palavras e livros, as equipes cultivam espaços férteis, em que as referências pessoais dos alunos e dos educadores se cruzam em favor de um aprendizado rico em experiências, e é isso que torna o conhecimento em algo significativo, tanto para quem aprende quanto para quem ensina.

 

Novidades para 2019

Neste ano letivo, nossas equipes trabalharão com três eixos principais: Economia, Filosofia e Artes Plásticas/Livros.

Com isso, abordaremos temas como a atual conjuntura econômica brasileira; as finanças pessoais; o âmago filosófico que repousa nas teorias e, essencialmente, no cotidiano, em cada um de nós; a maneira com que o traço realizado dentro de um ateliê de artes nos revela timidez e potência, entre outros assuntos.

Também iremos dar continuidade ao processo de feitura do livro coletivo, em que cada um já escreveu sua história. Agora, o trabalho será encadernado e ilustrado pelos alunos.

 Vale destacar que o Projeto Girassol só é possível porque contamos com uma equipe de voluntários. E este trabalho voluntário diz respeito à consciência de si, do outro, do que está ao redor. Também, diz sobre autoestima e, de forma recorrente, respeito e diversidade.

Criar uma obra autoral e assiná-la (seja um desenho, uma carta ou um comentário em aula) é um processo de aprendizado vivo e marcante, em que todos se enxergam como sujeitos, como donos de reflexões perante uma sociedade tantas vezes tão excludente e feroz.

No corpo discente do projeto estão Cidália de Novaes Fernandes; Diva Barros dos Santos; Elcio Urbano Cardoso; Elizabete Gomes de Souza; Francisca Rodrigues; Giuseppe Atomari; João Alves Ferreira Filho; Josafá dos Santos; Marlene de Souza Accyoli; Marineide de Souza; Nena Rodrigues; Neusa Gomes; Rosa Monteiro Viana; Rosa Vicente; Maria do Socorro de Oliveira; Sueli Ribeiro de Araújo Soares; Terezinha de Jesus Caetano; e Valmira Ferreira Santos.