Estudantes do Oswald promovem debate e simulação de plenária sobre a Reforma da Previdência

Na estreia de um evento que pretende trazer a vivência de economia, política e discussões contemporâneas para dentro da escola, estudantes e convidados irão simular uma votação de um dos itens da Reforma da Previdência e discutir seu impacto na economia brasileira nos próximos anos.

Muito tem se discutido e ouvido sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 287-2016) apresentada ao Congresso Nacional pelo atual governo. Mas o que realmente sabemos sobre esta proposta de Reforma da Previdência? Quais seus impactos econômicos e sociais no futuro do país? E qual o conhecimento que os jovens, que viverão este futuro, têm do tema?

Nossos estudantes do Ensino Médio estão se preparando, há mais de um mês, nas aulas de Economia, discussões com a comunidade e estudo de campo em Brasília, para esclarecer estas dúvidas para a comunidade oswaldiana.

No próximo dia 13 de junho, esta empreitada dos estudantes levará ao Oswald Debate: Reforma da Previdência, evento que pretende discutir os desdobramentos da aprovação ou não desta proposta e seus impactos para a economia de nosso país. Organizado a partir de estudos desenvolvidos na disciplina de Economia com a 3ª série do Ensino Médio, este evento inicia uma série de encontros pretendidos por nossa equipe pedagógica, a fim de trazer para dentro da escola discussões atuais sobre a política do Brasil.

O encontro começará com a fala de especialistas, com o objetivo de destacar alguns dos pontos positivos e negativos da Reforma da Previdência proposta pelo Ministério da Economia. Alunos de 9º ano e outras turmas do Ensino Médio participarão como votantes ou ainda, fazendo o papel de imprensa e organização do evento, assim como se dá no Congresso Nacional.

Dentre os preparativos para o evento está envolvida a ida de estudantes a Brasília, no início de junho, para conhecer o centro do fazer político do Brasil e conversar com parlamentares, especialistas, juristas e membros da equipe econômica.

Aulas de Economia

“Quando surgiu a questão da Reforma da Previdência, refiz a organização do currículo da disciplina de Economia para trabalhar ações pedagógicas por meio de pesquisa, produção de texto escrito, produção de apresentação oral e simulação, que terá culminância neste evento, quando faremos a simulação de uma votação da reforma”, explica o professor e coordenador do Ensino Médio Tarso Loureiro.

Ainda, segundo Tarso, nas próximas semanas as aulas de Economia irão abordar, de forma mais específica, questões relacionadas à Reforma da Previdência, e serão definidos os pontos de destaque durante o debate, como a questão da mudança da idade mínima para a aposentadoria, por exemplo.

“É importante destacar que a ideia do debate é apresentar uma análise de quanto a previdência impacta nas contas do governo e quais as expectativas de sua aprovação para a economia. E os alunos terão que dominar as duas linhas de raciocínio – a favor e contra a proposta do governo -, desenvolvendo esses discursos de forma autoral e reflexiva”, completa Tarso.

Participação da comunidade

O Oswald Debate: Reforma da Previdência realizado na Unidade Cerro Corá, no dia 13 de junho, a partir das 18:45 horas, e será aberto a toda comunidade interessada em se aprofundar na discussão do tema.

Dois especialistas nas questões econômicas e sociais estarão presentes para colocar pontos e contrapontos apresentados na proposta, possibilitando uma análise mais profunda a todos os presentes. Nelson Machado, que é advogado formado pela UnB, mestre em administração orçamentária e financeira na Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP), e o doutorado em contabilidade e controladoria na Faculdade de Educação e Administração da Universidade de São Paulo (USP). Foi ministro do Planejamento 2004-2005 e da Previdência Social (2005 – 2007). E Fernando Botelho – economista, mestre pela FEA (USP) e doutor pela Universidade de Princeton, realiza pesquisas em parceria com o Banco Mundial, visando em sua atuação  ajudar o Governo a ter políticas públicas mais eficientes, eficazes e baratas

Na ocasião, participantes previamente inscritos poderão participar da votação, lembrando que as vagas são limitadas para simular uma votação oficial no congresso. No dia, poderão votar a favor ou contra o item da reforma que estiver em discussão na plenária, e o resultado dessa ‘votação’, bem como os desdobramentos de sua realização, serão enviados a representantes dos poderes Legislativo e Executivo, envolvidos na votação da própria Proposta de Emenda Constitucional, em Brasília.

Para fazer sua inscrição bata acessar conheca.colegiooswald.com.br/debate-previdencia e garantir sua participação!