Oswald promove rodas de leitura em Clube do Livro

O Clube do Livro propõe aos participantes discussões, reflexões e momentos de interação acerca de histórias e conceitos da literatura

Tendo a formação de leitores como um dos grandes objetivos de nosso projeto pedagógico, este ano criamos o Clube do Livro. Iniciado há algumas semanas, foi idealizado com a proposta de estimular nossos alunos e funcionários a compartilharem algumas de suas experiências de leitura. “Vejo esta novidade como uma forma de estimular as pessoas para a leitura”, conta a aluna Flávia, da 2ª série do Ensino Médio.

“​Nos últimos anos, a biblioteca no CLIP Paulo Pan Chacon têm passado por transformações a fim de ser um espaço de leitura, estudos e diálogos. Nesse ambiente são possíveis diversos fóruns de aprendizagem, em que os alunos discutem e compartilham leituras, acompanhados pelos educadores ou espontaneamente. Tais possibilidades são concretizadas em projetos de leitura, como o Clube do Livro”, contextualiza Eric Netto, Coordenador de Tecnologias Educacionais e Bibliotecas. 

 

O que é o Clube do Livro?

Muito além do estímulo à leitura, o Clube do Livro propõe aos participantes discussões e reflexões acerca de histórias e conceitos da literatura. Trata-se da socialização de ideias, em uma roda de leitura e trocas entre os participantes.

Mas, quando estão em roda para escutar o que as outras pessoas têm a dizer, há sempre algo de surpreendente, porque a leitura de um texto que para todos os efeitos é o mesmo, se mostra muito variada.

“Os trechos que nos chamam a atenção são diferentes, as perguntas que o texto suscita nem sempre são as mesmas. Se tentássemos contá-los, veríamos que a quantidade de pontos de vista sobre o texto é no mínimo igual ao número de participantes, e provavelmente maior, porque uma pessoa pode ter mais de uma leitura, nossa leitura pode sempre mudar”, complementa Augusto Lima, Educador de Biblioteca.

Por outro lado, muitas vezes que quando surge a oportunidade de comentar o texto, no momento de partilha com um grupo de leitura, é que se entende algumas coisas inesperadas, porque estando acompanhados as pessoas tomam caminhos que sozinhos não tomariam. Poder vivenciar isso em um grupo reunido pela amizade com os livros é extraordinário.

“A relação que o jovem tem com a literatura costuma ser, em geral, um pouco traumática, porque existe muito essa coisa de ter que lidar com leituras obrigatórias. Não temos essa relação [de trocas de ideias em coletivo] com a leitura imposta e o Clube do Livro vem abrir uma nova possibilidade, pois temos a oportunidade de debater sobre a literatura, o que é muito bom”, define o aluno Bernardo Florentino, da 1ª série  do Ensino Médio. 

A atividade envolve a participação de pequenos grupos, entre 5 a 15 pessoas, em formações que podem variar de acordo com as demandas. Neste cenário, todos podem sugerir títulos e também ler e discutir, em conjunto, obras escolhidas em consenso, com intermediação dos educadores da biblioteca. 

A aluna Dora Bontempi, do 7º ano do Ensino Fundamental II, destaca a importância da leitura em sua formação. “Eu gosto de ler e lia antes mesmo de saber ler, por meio das imagens. Muitos jovens, hoje em dia, gostam de ler e acredito que o Clube do Livro é uma experiência interessante para todos, porque propõe uma discussão entre várias pessoas, que têm a oportunidade de compartilhar teorias e experiências a partir da leitura.”

Além de estimular essa troca, o Clube potencializa a biblioteca como ambiente de discussões e socializações sobre literatura, assim como um espaço de trocas que acaba por promover o autoconhecimento dos participantes.

Os encontros do Clube do Livro acontecem todas as quartas-feiras, das 14h00 às 15h15, na Biblioteca da Unidade Cerro Corá. Participe com a gente deste encontro literário!